terça-feira, 1 de novembro de 2011




Como existe gente vazia néh? 

Sabe aquele tipo infeliz, incompleto, que tudo busca e nada alcança, que morre de inveja dos outros e vive cheio de amargura... Sabe aquele que gosta de ter pessoas felizes e realizadas ao seu redor só pra ficar observando e tentando fazer igual pra ver se dá certo? Mas que nuuunca dá, porque pra isso precisa autenticidade e estar bem consigo mesmo... Aqueeele tal, que pensa que todos estão ao seu lado, quando tudo não passa de pura CONVENIÊNCIA...

Sabe esse tipinho ae do qual eu falei???

Então, esse tipo de tipinho aí é o que eu REPUGNO!!!

#FATO!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Antes que Termine o dia



(Ian no táxi I)
Ian: Não consigo fazer ela feliz, como amar alguém sem saber como amá-la?
Taxista: Então, a ama?
Ian: Sim, amo muito.
Ian: Viajará amanhã, por duas semanas, e quer me levar, mas eu não quero ir!
Taxista: E se ela não voltar?
Ian: O que quer dizer com isso?
Taxista: Imagine, despedem-se, ela entra no avião e nunca mais a vê, poderia viver assim?
Ian: Não! não poderia..
Taxista: Sabe o que fazer, 
aprecie o que tem, Ame-a.
(No restaurante I)
Ian: Não entendo!
Samantha: Eu sei! e isso me mata! se tivesse havido só um dia em que nada importasse além de nós!
Ian: Eu adoro você!
Samantha: Não quero ser adorada! quero ser amada!
(No diário de Samantha tinha)
"Dizem que um dos dois sempre ama mais, meu Deus, quem dera que não fosse eu!"
(
No bar, na cidade de Ian)
SamanthaA morte não coloca fim ao amor.
Ian: Você acha?
Samatha: Eu tenho certeza! 
(
No restaurante II)
(Quando Ian dá a pulseira dos pingentes para Samantha)
Ian: Uma nota musical, um violino, uma flor! não há sentido, exceto que é delicado, como você! O trem que pegamos hoje, a torre Eiffel, que queremos tanto ver, e tem uma frigideira! Você é a única pessoa que conheço que consegue girar a panqueca,
um coração! O meu. É seu agora!
(
Final, antes de Iah morrer, antes dos dois entrarem no táxi.)
Ian
Eu a amo desde o dia em que a conheci, mas não me permiti sentir isso até hoje, estava sempre dando um passo a frente, tomando decisões para nos livrar do que tememos! Pelo que aprendi com você hoje, cada escolha foi diferente, e minha vida mudou completamente, aprendi que quando se faz isso, vive-se inteiramente, não importa se tem 5 minutos ou 50 anos. Samantha, se não fosse por hoje ou por você nunca conheceria o amor, Obrigado por ser a pessoa que me ensinou a amar, e ser amado.



- Hoje, antes que termine o dia, pare e analise...

O que você faria se hoje fosse o último dia que fosse 

passar com ela?

E se você pudesse ter uma última chance de  fazê-la 

feliz?

Pare, e pense!!!

domingo, 6 de junho de 2010

Que merda tem o "homem" na cabeça?

Estava navegando na internet, e olhando umas imagens e vídeos eu me deparei com um exemplo da maldade humana...
Uma "prova" do quanto o ser humano é cruel e DES"humano", e portanto IRRACIONAL!





Seríamos nós os ANIMAIS? SIM!
Na verdade eles são os "civilizados", e nós os "selvagens"...
Como se explica o fato do ser humano almejar tanto a "paz, o amor, ajustiça e a dignidade",enquanto comete tanta atrocidade?...
Alguém sabe me explicar?

Primeiro... Quem ama zela pela vida em todos os sentidos, raças, espécies e circustâncias...
Segundo... Uma pessoa que comete tais atrocidades não pode ter paz, de corpo, de espírito e muito menos
mental... Pois por mais que se faça de forte, impossível não carregar um remorso mesmo que lá no seu subconsciente... Então a paz já é inexistente...
Justiça? Que justiça irá livrar um ser tão sórdido de uma culpa?
CONDENADO! Sem direito a defesa!
Dignidade... SIIMM! O ser "humano" é Digno...
Digno de carregar a culpa pelo resto da vida... DIGNIDADE NOTA '0 portanto.

Indigno, injusto, isento de amor, e perturbado! Assim tal ser é!

E tomara que na próxima reencarnação, esse "ser" venha no lugar de sua vítima de hoje... E que sinta na pele a maldade... E que se recorde de imediato que antes, ele que era o "SER HUMANO", que causava a dor que agora então sentia...

Meu DEUS, eu só queria saber onde isso tudo vai parar!
QUANTA DESGRAÇA! ;@


segunda-feira, 31 de maio de 2010

Realismo, e não revolta! ;)


Como eu queria voltar no tempo, pra poder mudar algumas coisas... Para poder acrescentar o que faltou, tanto como excluir o que passou da conta. Como eu queria poder mudar o meu passado, e trazer de volta aqueles que me amaram e que se foram, novamente para bem perto.
Ahh como eu queria voltar atrás, para evitar estes e aqueles que vieram para me afrontar, para me prejudicar, me denigrir, e me machucar. Mas contuto e entretanto, eu tiro base em tudo o que passou para fazer um futuro diferente. Selecionando bem as pessoas que fazem parte do meu círculo, que fazem parte da minha vida! Pois convenhamos que, às vezes as pessoas são tão fúteis, mesquinhas, e hipócritas que, se infiltram na nossa vida, e se escondem atrás de máscaras PARA NOS PREJUDICAR.
Então, nada melhor do que analisar as pessoas, ambientes, e atitudes, e depois julgá-los!!!
Simmm, julgá-los!
Nem sempre "julgar" é ter preconceitos...
Melhor "julgar" do que depois se ver em uma situação na qual você foi envolvida pela sua tão meiga e singela "INGÊNUIDADE"...

Ahh maldita inocência...
Ela só serve para nos colocar como "vítima",
e nos rotular de "coitadnhos"...
Aí quando você está diante de uma situação, é sempre aquele que eles mencionam da seguinte forma:

"Ohh, coitadinho, não o julgue nem o condene, ele é inocente e ingênuo, não sabia o que estava fazendo, nem falando, ele não tem a malicía da vida..."

Poxa vida...
Com todo perdão...
Vai se fuder essa merda de ingênuidade!

Isso... Acho que o ponto principal é esse...
Jamais seja INGÊNUO!

A moral?
SEJA MALICIOSO E PERSPICAZ!!!

Nós somos humanos, portanto seres racionais.
Bom dizem ne... Será mesmo?
ser racional pra mim, significa também e especificamente saber usar essa tal "racionalidade", e nós não sabemos...
Bom pelo menos não costumamos usar pelo que percebemos no cotidiano...

Não é mesmo?! Ou vocês vão ser tão hipócritas ao ponto de lerem e se excluirem desse grupo? Acho que não...

Seres humanos tão "racionais" e tão "DES"humanos...

Bom, muitos vão ler tudo isso aqui e com toda certeza vão pensar:

" Nossa!!! Que garota revoltada meu Deus!"

Bom, digamos que seja mesmo uma revolta.

Porém, preste atenção que você irá se encontrar em minhas palavras com toda certeza.

Ah e antes que eu me esqueça...

...EU TAMBÉM SOU "HUMANA"!...

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Tenho a bordo, uma abordagem dos naufrágios da vida!


Todo navio passa por Turbulências... Porém, todo Navio tem seu JACK SPARROW da vida a bordo! hahaha... Me aguarde no cais !

sábado, 16 de janeiro de 2010


"É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade." - Clarice Lispector